Visualizações de páginas no último mês

Amazon MP3 Clips

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

EU????


Eu!...Sou????? .....



Tenho momentos de desânimo que em que me apetece mandar tudo às "malvas".

Perdi pessoas que amei, e só me consola sentir que elas continuam vivas no meu coração.

Perdi um casamento com que sempre sonhei, e criei 2 filhas de que me orgulho pela sua inteligência intelectual e principalmente emocional.

Aturei namorados cheios de complicações naquelas cabeças doentes, que se aproximaram de mim, convencidos de que era psiquiatra;

Estive ao lado dos meus amigos sempre que precisaram: nunca disse um "não", mesmo que com isso prejudicasse a minha vida.

Mas...Também sou um osso duro de roer: quando me magoam não há segundas oportunidades para ninguém _ nesse aspecto sou pouco Cristã: Ainda não aprendi a dar a "outra face".

Já ouvi dizer muitas vezes que era a Mulher ideal...Mas se calhar "tão ideal" que não tiveram coragem de me "agarrar".

Fugi, sempre que percebi que algum relacionamento me traria mais problemas que alegrias: e já fui apelidada de egoísta por isso mesmo.

Agora chega: descobri quem sou.

Uma mulher Forte, que sabe o que quer e para onde vai, com capacidade de lutar pelos ideais em que acredita, contra tudo e contra todos.

Olho para o espelho e em vez de ver uma parvinha, vou começar a ver uma mulher forte, de nariz empinado.

Não sou perfeita, longe de mim tal presunção.

Mas sei o que valho.

Haja o que houver, não vão ser as desilusões dos pseudo-amigos ou pseudo-pretendentes que me vão fazer "ajoelhar".

Sou um cavalo que não gosta de esporas nem de serrilhão no nariz, e menos ainda de freio de "cachimbo".

Com calma, sem que nada nem ninguém ponha em causa a minha sanidade mental, sou um doce.

Com brutalidade, sou inacessível.

Não gosto de sofrer: azar, nem todos são masoquistas.

Hoje, olho-me nos espelhos e gosto de mim.

E gosto, porque sou Forte e nada me derrubará.

Como diz na Bíblia: " a quem tem Deus, nada lhe faltará".

E aqui fica este depoimento: quem gostar, gosta, quem não gostar tem bom remédio: a tecla "delete" ou o afastamento.

Obrigada...E não digam que não avisei.

Beijo.

Isabel.