Visualizações de páginas no último mês

Amazon MP3 Clips

domingo, 10 de janeiro de 2010

RITUAIS DE ACASALAMENTO E AFINS


RITUAIS DE ACASALAMENTO E A “ANATOMIA DE GREY”

No 6º ano de escolaridade, ensinamos aos meninos o que é a reprodução, para que serve e como se processa nas diferentes espécies animais. Algumas delas emblemáticas…
Há aves que constroem os ninhos com as “pedras” e pedaços de metal mais brilhantes que encontram: terminada a tarefa, a fêmea avalia o mais bonito, cujo dono se tornará no sortudo noivo!!
Outras aves há, que elaboram danças complicadíssimas, para atrair a atenção das fêmeas e o nosso conhecido pavão, deslumbra a pavoa com o leque que abre, como que dizendo: “olha como eu sou belo! Olha como serei um belo fornecedor de bons genes para as tuas crias!...”
Os veados, lutam entre si, para isso apresentam as belas hastes; _excepção para as renas que não sei como fazem, pois ambos os sexos possuem armação córnea!_.
Os leões lutam aguerridamente e o conquistador pode até assassinar as crias descendentes do macho deposto.
As baleias cantam e encantam com os seus cânticos_ as baleias macho, claro_ ,atraindo nas profundezas do oceano a “alma Gêmea”.
Até as simples rãs….coaxam noites inteiras chamando as fêmeas!!!.......
Tudo está tão bem feito, tão perfeito, tudo encaixa tão bem neste plano Divino!!……Bem… coitados dos machos aranha e Louva a Deus que se não se puserem a pau (!!!), correm o risco de ficar sem cabeça durante a cópula: Isto é o que se chama mesmo Comer o parceiro!!!!:)) Não é original “nosso”, não!
Ponho-me a pensar –_porque eu tenho essa estúpida mania_, que tudo na Natureza funciona assim: a Fêmea é um “objecto de culto”, “algo” por que lutar, que exige trabalho e esforço na conquista!
O macho tem que se esfalfar para agradar…e desgraçados dos que são excluídos: uns fogem proscritos sabendo que nunca propagarão os seus genes….Outros ficam condenados a vaguear solitariamente pelas savanas ou pelos fundos oceânicos.

E connosco, humanos?? Como é que é??
Não estou a perceber nada: Ok, o macho tem mais massa muscular, é normalmente mais forte e pesado e apresenta uns ombros com ar protector. E normalmente também, tem a mania de lutar e de se armar em forte: vejam os “cavalinhos” nas motos, os grupos de forcados!!!!
Mas quem se abrilhanta, se enche de pinturas e pailletes, quem se perfuma, quem canta ao ouvido com voz melodiosa?? Quem vai ao cabeleireiro, enche a pele de cremes, gasta balúrdios na esteticista???
Quem tem que demonstrar ser a melhor dona de casa, a melhor profissional, a melhor mãe??... Nós, claro está.
Há 100 anos, pouco mais tínhamos do que ser belas e boas donas de casa para acedermos ao “santuário” do casamento…Sim, toda a gente sabe das tristes histórias de tias solteironas ou desterradas para os conventos!!
E connosco??
Será que é assim ou é tudo mais complicado???
Hoje a fêmea humana, atrai, investe, avança, “faz olhinhos”. Como reagem os homens a isso??
Por aquilo que me é dado a observar, na maioria dos casos, fogem apavorados!!! Ninguém gosta de uma mulher que dê o primeiro passo. Porque será??
Tenho amigos que dizem que “não é bem assim e tal..” Mas acaba por ser.
No íntimo daquelas cabecinhas machistas ainda existe o mito: “ se ela se atira a mim é porque se atira a todos” _ o que equivale biologicamente a dizer: eu não sei se as crias em que vou investir Tempo e dinheiro são minhas!!!!....._ Grande problema……..
Delicio-me a ver a “Anatomia de Grey”: a música é óptima, os textos são excelentes, o ambiente prende-nos completamente: amor, traições, stress, Vida, Morte…Tudo num único episódio.
Nesta série, as mulheres são extremamentes independentes e desenrascadas: capazes de “engatar” um homem num bar para o pôr sem escrúpulos no “olho da rua” na manhã seguinte!!
No meio desta confusão toda: biológica, CULTURAL, histórica, andamos todos à procura do nosso lugar.
Andamos todos sem Norte, sem perceber muito bem qual a melhor maneira de proceder com coerência.
Os cristãos dizem que não devemos “relativizar” o amor: torná-lo num objecto de desejo e expurgá-lo de Alma e sentimentos…_Ensino sempre aos meus alunos que quando nos “envolvemos” com alguém corremos sempre o risco de magoar e ser magoados…._
Ok …E aqui fica uma questão: até que ponto devemos ir?
Até que ponto uma mulher é “livre” de mostrar os seus sentimentos sem correr o risco de afastar o homem, sabendo que esse papel não lhe foi atribuído durante séculos e séculos de história, excepto nas remotas sociedades matriarcais???

Gostava de ver_ TAMBÉM_ alguns homens a responder..Só desta vez;)))
Bjs

4 comentários:

  1. Comenta-se ja, que nao seja por isso.

    As mulheres nao se arranjam, embonecam, encremam, esteticionam e etc... para se porem bonitas para eles. Mais importante que isso teem de ser mais visiveis que a vizinha.

    Ponto 2 - Hoje é que a femea humana faz isso?? Nao criou tb durante seculos formas de o fazer?? Hoje quanto mto a forma aproxima-se da masculina, e vcversa... mas isso é da mania de usarem calças e guiarem e sei la o que mais. Mas os olhinhos de hoje sao os mesmo de sempre

    O Gajo

    ResponderEliminar
  2. as suas palavras deixam-me louco!

    ResponderEliminar
  3. Carissíma Bloger

    Parce-me que a sua exposição nem merece comentários.
    Óbviamente que o seu problema "familiar", está mal resolvido e... os homens são culpados de tudo, são uns inúteis que só sabem é empurrar para cima das esposas os trabalhos "forçados" da casa e dos filhos.

    Faça um favor a si mesma, não generalize e não a parte pelo todo.

    Sinto-me, Ofendido!!! pela sua emissão de opinião. Tal como diz noutro seu "artigo", quem não sabe do que está a falar cala-se!!!

    Eu, Pai, (sim com letra grande), assisti ao parto dos meus filhos, mudei-lhes as fraldas porque a minha mulher não o sabia fazeer, levava-os ao infantário às 7:45 da manhã, ia buscá-los para lhes dar o almoço, isto porque a minha mulher tinha uma profissão absorvente.

    Acha que devo dizer que aqui o "tanso" fui eu? até pode pensar que sim, mas... eu ´não, sabe porquê? porque os meus filhos adoram-me, tal como à mãe que eu fiz questão de preservar a sua imagem e importância.

    Hoje, eles ainda se lembram da ida para a escola, dda ida ao parque ao fim do dia, onde já estava mais morto que vivo, do lhes dar banho e de lhes fazer e dar o jantar.

    Quando voltar a falar sobre a importância do pai na educação dos filhos, informe-se e não seja tendenciosa em função dos seus problemas pessoais que toda a "gente" aqui já percebeu que não estão resolvidos.

    Não admito é que venha aqui num blog, que ao que parece até aufere algumas vantagens monetárias (ou os anúncios são de graça?), lançar uns "bitaites", menos escrupulosos e tendenciosos, sobre assuntos em que não consegue ter a capacidade de observar globalmente, transportando um problema pessoal para a generalidade.

    Inadmissivel, para quem escreve para o público.

    ResponderEliminar
  4. Ena Ena!!
    Caro anónimo!!!
    Até parece que lhe estou a ver a cara!!! Aahahahahah!!!!!
    É tão giro vir aqui mandar bitaites e alvitrar que tenho rendimentos do meu BLOG!!
    Quem me dera!!! Não, Não tenho e até tenho pena, pois tanta gente que me lê e adora até se calhar devia ter!!
    Quanto aos seus comentários sobre a minha vida mal resolvida, olhe para a maneira como fala da sua.... E está tudo dito: ou melhor, escrito!!!

    Fique bem com os seus 3 filhos e a ex mulher postada no altar!!
    Coisas bonitas e que eu admiro sim senhora!!!
    Agora...Não goze comigo!!!
    Não me venha dizer que é feliz!!!
    Isso só me vai fazer rir..Ou melhor, ter pena de si...Se há alguém que tem a vida muito bem resolvida sou eu!!
    Passe bem...Cobarde anónimo!!!

    ResponderEliminar