Visualizações de páginas no último mês

Amazon MP3 Clips

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Que se diz a alguém que atenta contra a própria vida????


Como se chama alguém que atenta contra a própria vida?
Suicida?....
Como se chama alguém que dá uma “tareia mental” num suicida???
Duro? Frio? Resiliente???....
Não sei.
Vou tentar descobrir.
“Quando ela estava tentando ver um filme e desligar o FB, surge alguém a pedir uma “chamada “ via FB. Ela recusa e diz que não sabe trabalhar com essa coisa. A pessoa diz que é muito giro, tenta convencê-la, insiste, periste e ela …resiste.
A conversa começa via chat: as coisas normais:  o que se faz , o que se gosta, a família , os filhos, o meio onde se vive, tanta, tanta coisa!!
Ele, da idade dela, professor universitário em part-time, apaixonado por arqueologia tem imensas histórias para contar: as descobertas que fez no Baixo Alentejo, a história da cidade de Beja, a beleza do país de norte a sul, os vestígios da presença celta do nosso País, enfim, uma conversa super-interessante e super normal.
Às tantas ele diz-lhe : vai ao meu mural e vê  uma música que lá está mesmo ao lado da Ponte sobre o RioXXXX. Ela vai.
Ele diz: “Já me tentei atirar dessa ponte…São histórias que já lá vão…”
Acende-se um sinal vermelho na cabeça dela; no entanto a conversa continua.
De repente ele começa a falar da vida e das suas mágoas…e diz simplesmente:_ “ sabes como tudo passa?? Sabes como tudo se aguenta??? Com AMOR, amiga! Com AMOR!”_
Ela pensa que ele se refere ao Amor em si, o Amor pela vida, pela humanidade, pelo próximo.  Não era: ela entendeu “tudo” mal.
Ele desfia as mágoas dele: um divírcio, filhos da idade das dela , encaminhados na faculdade, vivendo com a mãe… e a história começa a baralhar-se toda: depois do divórcio ele não passou mais do que um mês sozinho:  saiu de casa para ir viver com a X com quem esteve 9 anos…mas teve um “esgotamento” e expulsou-a, algo de que se confessa profundamente arrependido pois ela foi a pessoa que mais horizontes culturais lhe abriu e etc etc etc.
Depois, reaproximou-se da ex…mas ele voltou a “fartar-se” e a sair de casa… ”encostou-se aos irmãos” mas isso não chegava. E então apareceu a Z.
A Z com quem teve uma relação de 5 anos interrompida diversas vezes quando “ela tinha ataques de mau-humor e saía de casa porque não o podia aturar”..e nos intervalos em que ela saía,  apareceu a W e a Y… Ela, ouvindo a conversa do outro lado do telefone, cansada, baralhada,desejando terminar a conversa diz-lhe :” está quase a nascer o dia: vou ter que fazer as minhas actividades, levar as crianças à escola etc”_ Desliga o telefone…. Que volta a tocar. E do outro lado, alguém soluça, com a voz entrecortada pede-lhe:_ “ ajuda-me! Por favor,  ajuda-me a ser feliz!!! Eu não sou capaz de ser feliz sozinho!!! Eu preciso de um AMOR! De um amor verdadeiro!.... Há um mês , pedi à Z para voltar e ela recusou!! Eu não tinha nada a ver com ela, nós não tínhamos assunto de conversa nem passávamos um serão juntos mas eu não consigo ver esta casa vazia!!!! Ajuda-me! Sabes……Há menos de um mês juntei todos os comprimidos que tinha em casa e tomei-os. Um amigo meu do café onde costumo ir desconfiou de algo e mandou o INEM lá a casa e eu estive “n“ dias internado! E ninguém me foi visitar a não ser a Z ..que me levou um maço de cigarros…  Saí do hospital pelo meu pé e vim para casa sozinho!!! Sozinho, ouviste??... E…. passada uma semana atei uma corda ao corrimão mas a corda partiu-se e eu não consegui morrer. Acordei sem saber onde estava numa poça de sangue. Valeu-me a mulher a dias que chamou o INEM….. Eu não consigo viver assim! A solução para tudo é o amor! Se eu não o encontrar, eu não sei o que vou fazer!”
Ela,ouve calma e friamente o desfiar de mágoas, soluços e lágrimas, e repentinamente, salta dentro dela aquilo a que ele chama uma mulher extremamente cruel e cartesiana. Diz-lhe:
“ Se já tiveste dois internamentos , és com certeza seguido pela psiquiatria do hospital , não? Que te diz o psiquiatra??...”
Ele ri-se. _ “ o que é que dizem os psiquiatras e psícólogos???Aahhhaha! Quando eu falo com eles, aprendem eles mais sobre arte e arqueologia do que eu sobre o meu problema”._
Ela insiste: _“ já percebeste que tens um problema grave,  não já? Sabes, estás a falar com uma pessoa que teve uma vida bem mais dura do que a tua, que perdeu muitas pessoas que amava, algumas,  recentemente, pessoas que eu vi pedir para morrer devido às dores e a quem as enfermeiras respondiam: “a morte não vem quando nós queremos mas quando Deus quer!”. .. Estás a falar com uma pessoa que também está sozinha como tu! Que também gostaria de encontrar um amor ideal que penso que é a maior ânsia sde qualquer ser humano normal, mesmo que não o reconheça!
Sabes, tu tens casa, saúde, emprego, família! Dois filhos!!! Há quem não tenha nada disso e não se tenta suicidar!!!!  Por favor : DEIXA DE TER PENA DE TI MESMO! DEIXA DE OLHAR PARA O TEU UMBIGO!! DEIXA DE SER EGOÍSTA!!!!!... Dizes que os filhos se afastaram de ti?’ Como queres que os teus filhos se aproximem de um pai cujo exemplo que lhes dá, é enfrentar os problemas  saindo da vida como se sai de um comboio em andamento???
Afinal que idade tens tu????? 15 OU 50 ANOS???....
Pareces aqueles adolescentes que ao 1º desgosto de amor pensam que a vida não tem razão de ser!!!! Vê-te ao espelho!!!... És um Homem ou um miúdo???....Não tenhas pena de ti mesmo! Pena, é o pior sentimento que se pode ter por alguém!!!!”_
Do outro lado do telefone, ele continuava chorando e soluçando e acusando-a de dura e cruel mas que percebia que o estava a querer ajudar e que lhe agradecia..mas que ela tinha uma coisa que ele não tinha: RESILIÊNCIA!!!!! _ E perguntou-lhe se ela sabia o que era resiliência ao que ela respondeu calmamente: : _“ Sabes que eu sou de engenharia, não sabes? Mal do engenheiro que não saiba o que é a resiliência!! No entanto, eu não te posso ajudar! Eu não tenho as capacidade s ou os conhecimentos para te ajudar! Eu posso dar-te a minha amizade! Mas não posso ir ao supermercado comprar-te um grande amor! Sentes-te sózinho? Leva um sem-abrigo para casa! Um cão, gatos, piriquitos!! POR FAVOR!! Que farias se um dos teus filhos se tentasse matar por um desgosto de amor?? Se calhar, davas-lhe dois estalos, não???..... “ 
Depois deste diálogo, ela disse-lhe:  “ sou tua amiga, gosto de ti, não quero que morras!! Tem Fé!!! Há imensas mulheres no Mundo!!! Eu já passei anos da minha vida sózinha e adoro amar e ser amada!..Há que saber esperar! Por favor! Não entres “numa” de auto-comiseração!!!!Não é nesse estado de espírito que encontrarás alguém,  por certo! Procura ajuda especializada!! Vou enviar-te um livro por e-mail que me ajudou imenso, chama-se “ A Sombra Humana”.  E agora por favor, deixa-me descansar!!! Eu não possso dizer-te mais nada! Não posso estar 24 horas ao telefone contigo para não te sentires só!!!! Por favor!!!..E não me contactes mais…. Não tenho “skills” nem preparação científica  para te poder ajudar!!!!! Desejo que te encontres e que ao te encontrares, encontres o teu Santo Graal, a mulher da tua vida.”
_ ela desligou o telefone,  era quase meio dia:
Tranquila mas preocupada: como iria ele reagir?? Será que o abanão tinha resultado???....Ou será que ele irá fazer outra “asneira”??????
Ficou um punho fechado no coração dela: um “amigo” que surgiu do nada, do espaço sideral, um anjo que a veio ensinar o valor da vida, que a fez pronunciar as palavras que ela deve dizer a si mesma, cada vez que se lamentar! Esta vida não é para FRACOS! Quando nascemos, não está escrito na porta da maternidade: “ a vida é fácil!”
E ele???.....
Como terá ficado o “amigo” terrivelmente carente do amor de uma mulher???.......Que irá ele fazer??.... Quem o pode ajudar????
Ficam aqui muitas questões que eu reconheço, não ter capacidade para responder.

Isabel.